'Venham mais cinco' é, primeiro que tudo, uma inspiração num ser humano maior - Zeca Afonso - simbolo do valor principal deste blog - A LIBERDADE. É também um convite ao encontro e ao confronto - de opiniões, de perspectivas, de olhares,...

últimas

Gaivotas em Terra...

O Naufrágio do Titanic

A saia justa da Maitê Pro...

Os tabús do Sr. President...

Parábéns Portugal!

Zeca Afonso

Mau Perder...

SIM, sem dúvida!

...

Qual é o efeito jurídico ...

baú de recordações

Outubro 2011

Outubro 2009

Setembro 2009

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Os tabús do Sr. Presidente

Esta propensão do Sr. Presidente para a criação de tabús - que só rivaliza com a sua habilidade para fazer humor – seria muito interessante de ser exercitada não fosse a situação do país e a necessidade de se concentrarem energias noutro tipo de batalhas.

Depois de deixar os portugueses pregados às televisões ou às rádios, na expectativa de, finalmente, obterem um esclarecimento do Sr. Presidente sobre aquilo a que alguns já chamaram de Sealy Gate, eis que o Sr. Presidente não só esclarece muito pouco, como faz questão de tornar a nuvem ainda mais cinzenta.

De tudo o que disse, ficámos apenas com duas certezas
• as ditas escutas não existiram.
• quem iniciou toda esta novela foi o artigo do Jornal Publico, publicado em 18 de Agosto

Menos mau. Para além disso sobraram questões. Deixo aqui as que me causam maior curiosidade:
• Porque é que o Sr. Presidente não disse no dia 18 de Agosto – data em que a manchete do Publico dava conta de que, segundo fonte da Presidência da Republica, esta temia estar sob escuta do Governo – aquilo que ontem enfatizou, ou seja, que em nome do Presidente só fala o próprio ou os Chefes das Casas Civil e Militar? Os portugueses teriam ficado a saber que, se alguém falou em nome do Presidente, isso não o vinculava, nem tinha qualquer legitimidade para o fazer e o caso morreria aí. Mas não, o Sr. Presidente optou pelo silêncio e o caso avolumou-se...
• Porque é que o Sr. Presidente, que diz ele próprio que ‘o Presidente da República se deve preocupar com questões de segurança’, esperou até ontem para perguntar - não se sabe a quem - se o sistema informático da Presidência tinha vulnerabilidades? Trantando-se de um assunto de extrema importância, não deveria ter feito essa pergunta há mais tempo? O que é que ontem se passou para ser o dia em que tal questão foi levantada? Esqueceu-se?! Incompatibilidades de agenda?!
• As vulnerabilidades que lhe indicaram são as normais de qualquer rede, por mais segura que esta seja (até a da Casa Branca se provou ter fragilidades), ou são vulnerabilidades ´estranhas´? 0 Sr. Presidente não sabe ou não quis esclarecer?
• O que é que o Sr. Presidente teria feito se o DN não tivesse publicado o e-mail trocado entre os jornalistas do Público e divulgado o nome da fonte, fazendo com isso ruir toda a tese – sustentáculo da campanha do PSD – de que o país vivia em asfixia democrática? Teria ficado calado, vendo o PSD a colher os frutos (votos) de uma mentira na qual ele era personagem central? Se o DN não tivesse publicado o e-mail e a fonte o que é que ele nos teria dito ontem? Ou teria continuado em silêncio?
• Se o Sr. Presidente não é ingénuo (e eu também não), não sabia que o silêncio é muitas vezes a forma mais ruidosa de emitir uma resposta?

Os portugueses mereciam mais e melhor, mas talvez depois das Autárquicas o Sr. Presidente, falando na 3ª pessoa, como, qual jogador de futebol, sempre gosta de fazer, volte a lançar mais uns enigmas. Quem sabe?! Não é disso que o país precisa, mas antes isso do que tentar fazer humor!!

publicado por venhammaiscinco às 14:57
link do post | Identifique-se e comente | favorito
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Parábéns Portugal!

Parabéns!
Parabéns, em primeiro lugar, a Portugal que, uma vez mais, numa clara demonstração de bom senso e maturidade democrática,  soube escolher e dizer sim ao futuro!
Parabéns ao Engº José Sócrates que durante 4 anos e meio duríssimos - dos mais duros da democracia portuguesa - soube manter um rumo e ser coerente com o mesmo e conseguiu guardar ainda energias para entusiasmar o país e fazer com que muitos acreditassem que vale a pena continuar.
Parabéns a todos os que fizeram parte do elenco governativo, e especialmente aos que, debaixo de fortíssimas pressões souberam fazer aquilo de que o país precisava - destaco Correia de Campos, Maria de Lurdes Rodrigues, Teixeira dos Santos, Manuel Pinho e Vieira da Silva.
Parabéns ao PS porque foi o partido que, efectivamente, ganhou as eleições!


publicado por venhammaiscinco às 13:33
link do post | Identifique-se e comente | favorito

Olá!

pesquisar

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

tags

todas as tags

Vale a pena visitar

imagens p'ra sempre

blogs SAPO

subscrever feeds